APADRINHAMENTO

Nem todos podem adoptar um Patas Errantes mas podem contribuir para que o trabalho desenvolvido na nossa Associação chegue a mais cães desprotegidos.
Ser um padrinho/madrinha dos Patas Errantes é uma forma de se solidarizar contribuindo, através de uma mensalidade para o sucesso de dois dos objectivos principais a que a Associação Patas Errantes se dedica ; esterilização de colónias de cães errantes, acolhimento e recuperação de cães adoptáveis.
Pode optar por ser padrinho/madrinha de um cão acolhido e residente no nosso abrigo.
Pode optar por ser padrinho/madrinha dos Errantes contribuindo dessa forma para as despesas com os cães que são esterilizados ,recolocados e alimentados.
O apadrinhamento/amadrinhamento pode ser individual ou em grupo.
Na opção grupo terá de ser designado um interlocutor único com a Associação Patas Errantes.
Os cães apadrinhados/amadrinhados continuam para adopção sendo esse o objectivo final a alcançar para cada um.
Não pode um padrinho/madrinha inibir essa adopção.
No caso dos padrinhos/madrinhas de um cão acolhido ,serão informados sempre que o seu protegido seja adoptado ou falecer, podendo passar o processo para outro.
A única obrigatoriedade que um padrinho/madrinha tem é o pagamento da mensalidade, todas as outras ajudas constantes no formulário são opcionais.
A mensalidade mínima de um padrinho/madrinha é de 20€, a partir do qual cada um estabelece o valor com que queira contribuir.

Os Patas Errantes agradecem reconhecidos a todos os seus Padrinhos e Madrinhas. Quaisquer questões enviar e-mail a: